Bulls vs Blazers and the NBA Playoffs (Sega Mega Drive)

47153_frontAntes de NBA Live, havia NBA Shodown 94. E antes desse, a Electronic Arts lançava os seus jogos anuais de Basquetebol nas séries “versus”, primeiro com Lakers versus Celtics and the NBA Playoffs, depois os Bulls vs Lakers e agora Bulls vs Blazers que vos trago cá hoje. É um jogo mais de simulação, assim como FIFA se foi tornando no futebol. O meu exemplar veio de uma loja de coleccionismo em Belfast. Custou-me 2 libras, o dono da loja ficou bem contente por alguém finalmente o ter levado.

Jogo com caixa e manual

Jogo com caixa e manual

O Bulls vs Blazers oferece-nos dois modos de jogo: uma partida amigável, ou o modo de torneio que simula uma temporada completa com as principais equipas norte-americanas. O jogo pode ainda ser jogado no modo “arcade” ou “simulação”, se bem que este último é obrigatório no modo de torneio. Aqui o que muda é o facto dos jogadores sofrerem de fatiga e termos de ter isso em conta, ao fazer as substituições que sejam necessárias. O multiplayer é diferente consoante o modo de jogo seleccionado: o versus contra um amigo apenas conta em jogos amigáveis, mas no modo torneio poderemos jogar de forma cooperativa.

Nada a dizer... mais um jogo de basquetebol da EA!

Nada a dizer… mais um jogo de basquetebol da EA!

De resto é um jogo com uma jogabilidade que não me agradou particularmente, pelo menos não depois de eu ter experimentado o Hyper Dunk, que é bem mais dinâmico, a meu ver. Mas este Bulls vs Blazers até tem algumas coisas engraçadas, como toda aquela apresentação do jogo e das equipas que os comentadores deixam passar. Graficamente é um jogo sólido com os pavilhões bem detalhados, mas o mesmo não posso dizer das músicas e efeitos sonoros. Apenas existem músicas nos menus e afins, durante o jogo temos apenas os sons da bola a ser passada de um lado e dos jogadores.

Sinceramente acho que este até foi um bom jogo para a altura em que saiu, para quem quisesse algo um pouco mais realista. Mas acabou por ser ultrapassado mesmo na própria geração de consolas, com a série NBA Live a mostrar-se bem mais completa e competente, apenas 2 anos depois com o NBA Live 95.

Anúncios

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em Geral. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s