Pokémon Crystal (Nintendo Gameboy Color)

Pokemon CrystalHoje trago-vos mais um artigo muito, muito breve. Já algures atrás no tempo escrevi sobre o Pokémon Gold, um dos jogos de segunda geração dos RPGs Pokémon que sairam para a Gameboy Color (e retrocompatíveis com a Gameboy original). Tal como Red e Blue, também vieram aos pares como Gold e Silver. E também como na geração anterior, acabou por sair mais tarde um terceiro pilar que mantém a mesma fórmula mas acrescenta algum conteúdo adicional. Antes tinha sido o Yellow, desta vez foi o Crystal. Este meu exemplar foi comprado na cash converters de Alfragide por cerca de 2€, está em muito melhor estado que o cartucho original que tinha comprado anteriormente.

Pokémon Crystal - Nintendo Gameboy Color

Apenas cartucho

Para a minha opinião geral sobre este jogo, recomendo que passem os olhos pelo artigo do Pokémon Gold, pois aqui vou apenas fazer umas breves menções às suas diferenças e novidades. A mais óbvia é a diferença nos pokémon existentes. Aqui podemos apanhar alguns que eram exclusivos das versões Gold ou Silver, mas em contrapartida há outros que só podem ser encontrados nas outras duas versões. Depois obviamente há também algumas revisões gráficas, design de locais e posicionamento de NPCs. O mais interessante a meu ver é mesmo o facto de ser o primeiro jogo que permite jogar com uma rapariga e terem alterado ligeiramente a história, mudando algumas coisas e acrescentando outras, como os mistérios das ruínas de Alph e os seus Unowns. Aliás, o mais interessante mesmo acabou por se ficar pelo Japão e estou a falar nas funcionalidades que utilizam o equipamento . Isto permite ligar a Gameboy Color ou Advance a uma série de telemóveis japoneses e conseguir aceder à internet, permitindo assim algumas funcionalidades online. No caso deste Pokémon Crystal isso refere-se a trocar Pokémons ou batalhar online contra outros oponentes. Uma ideia muito à frente no seu tempo, mas que ainda não era possível replicar fora do Japão devido aos seus standards unificados em telecomunicações.

Mobile_Adapter_unit

O Mobile GB Adapter e um telemóvel japonês típico do início do milénio

Se eu no artigo do Pokémon Gold já tinha dito que esse jogo era o meu preferido de toda a série por todas as novidades e conteúdo pós-história principal que introduziu, o Crystal, com os seus melhoramentos ainda é mais apetecível. Um óptimo jogo!

Advertisements

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em Gameboy Color, Nintendo. ligação permanente.

Uma resposta a Pokémon Crystal (Nintendo Gameboy Color)

  1. Pingback: Actualização em vários artigos. | GreenHillsZone

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s